domingo, 13 de janeiro de 2008

Paredes tem ouvidos - e gargantas!




Esgotada, a Casa de Cultura de Paredes proporcionou otem um agradável serão, porventura o mais bem conseguido desta ainda criança Chama Ardente. Organização exemplar, ouvidos atentos, prazeres partilhados. Paredes quer dar vida ao seu auditório e este à sua cidade: há inclusivé um serviço de babysitting gratuito nas próprias instalações, para não haver desculpas...
Um ambiente de sombras quentes, uma satisfação garantida, no final. Afinal, é para isso que servem as canções...

9 comentários:

Carla Sousa disse...

Eu estive ontem em Paredes... e posso confirmar que o calor do público foi de facto intenso. Queríamos mais e mais e dali não
arredaríamos pé se mais tempo quisessem ficar.
Eu gostei imenso do conceito do espectáculo e do repertório escolhido, tendo este alguns dos temas que gosto particularmente, como o "Time after Time", que ganhou na sua voz uma nova e belíssima dinâmica, o eterno "Solsbury Hill" do Peter Gabriel ou a sua conseguida versão do "Traz Outro Amigo Também" do Zeca.
Por tudo isto, parabéns!
As canções fazem isto... unem as pessoas.
*

Rui disse...

Onde será a proxima chama ardente?'

Miguel Angelo disse...

As próximas datas serão aqui anunciadas. Obrigado.

claudio disse...

olá miguel,adoro o tema " ninguem é bom " espero ouvi-lo incluido, no próximo trabalho dos delfins,é uma pena se não o editarem
abraço delfinico

Rui disse...

Boa noite Miguel, lembro-me da 1ª musica da Chama Ardente em Paredes, mas não me lembro do nome nem de quem era o original, será que é possivel facultar esses dados? Obrigado

Miguel Angelo disse...

Olá Rui,claro que sim: «Into My Arms», Nick Cave. Abraço.

Rui disse...

Obrigado Miguel, não conhecia a musica, é realmente muito bonita. Com todo o respeito pelo Nick Cave e por toda a sua carreira, certamente muito prestigiada, na voz do Miguel a musica é divinal.

alexandre disse...

Olá Miguel, infelizmente não consegui estar presente no Zambujal e pergunto-te, para quanto outra "chama" na margem sul ou lisboa?
Adorei ouvir o Make It Easy On Yourself, simplesmente magnifico.

Um abraço
Alex

bruno silva disse...

Olá miguel,é preciso, uma chama ardente no funchal ou noutro qualquer lugar da ilha, é possível?